terça-feira, 14 de abril de 2009

...

Não me leve a mal senhor garçom, mas quero saber se por aqui andas aquela baixota que um dia me fez encantar, e na rua andar a assobiar musicas felizes, para pessoas tristes se alegrar.
-
Quero que guardes com todo carinho e amor, meu coração que sofrido vens choramingando cantos de e encantos de uma vida vadia, que por muitas sofria e agora só pensas em alegria.
-
Se eu não tivesse que acordar tão cedo eu ficava aqui com você minha nega de boa, assim... como se não houvesse amanhã-.

*mas infelizmente tenho que partir, minhas saudades serão imensas em sua ausência, mas espero que minha presença seja notada em cada verso e cada palavra que soa de meu coração.

1 comentários:

B. Carmim disse...

falou comigo?